Busca Avançada

0 EUR para 3,500,000 EUR

Mais opções de pesquisa
we found 0 Imóveis de acordo com a sua pesquisa
Seus resultados de pesquisa

Comprar ou arrendar a primeira casa: como decidir (parte I)?

postado por admin em Março 2, 2020
| 0

Iniciamos hoje uma rubrica, assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, que pode ajudar a tirar dúvidas.

O acesso a uma habitação condigna é universalmente considerado uma necessidade básica do ser humano. Em determinado momento da vida, porque decides viver sozinho, casar ou ser independente, e sobretudo quando começas a ter algum rendimento, ponderas ter a tua casa. É nesta altura que as opções surgem: comprar, construir ou arrendar casa? Iniciamos hoje uma rubrica, assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, que pode ajudar-te a decidir.

Cada uma destas possibilidades encerra vantagens e inconvenientes. Construir casa ou optar pela auto construção é um processo moroso, pelo que necessitarás de tempo e, sobretudo, de uma forte dose de paciência. 

Se herdaste um terreno ou não precisas da casa a curto prazo, a opção pela (auto)construção poderá ser vantajosa, pois o custo será certamente mais reduzido que adquirir um imóvel construído. 

Todavia, se não tens poupanças suficientes a opção pela compra de casa, mesmo recorrendo a crédito, poderá também não ser viável. Isto porque necessitarás de dar uma entrada de, pelo menos, 10% do valor do imóvel a adquirir, já que actualmente os bancos não financiam a totalidade do valor.

Arrendar será, por outro lado, e além de ser um processo mais simples, a opção de menor responsabilidade. Questões muito práticas como as despesas de manutenção do edifício, o pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) ou do condomínio ficarão a cargo do proprietário/senhorio.

Comprar casa e aumentar o património familiar ou arrendar é efetivamente uma decisão que terás de tomar, não de ânimo leve, mas fundamentadamente e procurando reduzir ao máximo eventuais riscos futuros. 

A decisão dependerá de fatores diversos que deverás ponderar, como sejam a idade, estabilidade/mobilidade no emprego, rendimento, garantias, entre outras.

Aparentemente, para habitações equivalentes a renda poderá ser inferior à prestação de crédito, mas nem sempre assim será. Terás mesmo de fazer contas. 

Fonte: Idealista News

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Compare as listagens

REBOX Translate »

Start a Conversation

Hi! Click one of our member below to chat on Whatsapp

WhatsApp Maria do Carmo

WhatsApp Maria do Carmo

Posso ajudar?

online

WhatsApp José Reboxo

WhatsApp José Reboxo

Posso ajudar?

online